11 de jun de 2011

Uma caminhada diferente

Cada dia é único, isto todos nós sabemos. Hoje saí bem cedo para a caminhada na Beira Mar continental! até aí tudo na rotina  no caminho da roça. Até que de longe avistei algo diferente, vi onibus, fui chegando e mais onibus, junto com os onibus as pessoas. Muitas com seu banquinho na mão, muitas deficientes, pessoas jovens, idosas etc. Me assustei! no inicio pois tive que aguçar meus sentidos, pois os onibus tentando passagens e estacionar. Fui caminhando mais devagar, pois tinha muitas pessoas, mas consegui chegar bem perto do final. Lá estava montado toda a estrutura para o dia de hoje, que está intitulado dia do milagre. Um evento evangélico, me emociono com a fé das pessoas e sei que são verdadeira,  como elas respondem aos chamados. O que me me deixa  triste, são os comandante, pois ali já estavam nos oferecendo uns carnes para pagamento, como forma de ajuda para agradar a Deus. Os ambulantes vendendo chapéus e banquinhos abençoados pela bispa e vários barracas de alimentos. Pensei nossa! eu nem sabia de nada, em um instante tudo fica difícil, o transito está um caos, enquanto a nossa beira Mar continental não fica pronta para seu uso de fato os eventos estão acontecendo. Mas deu tudo certo, cheguei em meu lar inteira. Beijos Fiquem com Deus. Estou muito bem graças a Deus.
Bel Talarico

2 comentários:

Noemi Szcypula disse...

Pois é, se vc não pagar o carnezinho, não terá um lugarzinho lá no céu, Sabia disso?

Alfarrábios de outrora disse...

O mundo se move quando movemo-nos; a transformação do mundo ocorre dentro de cada um. Confio que as cidades estão esgotadas realmente, e fazem com isso as pessoas mais preguiçosas.
Desacostumamos o esforço para progredir; contentamo-nos com qualquer bagatela intelectual e nossa vaidade vai além do mundo inteiro.

Bela reflexão traz teu blog.

Marcelo Portuária

Visite: alfarrabiosdeoutrora.blogspot.com
cidadaniadoscapitais.blogspot.com