15 de mai de 2011

A Pedra.

Isto aconteceu comigo. Temos uma rua com o nome de Filipe Schimidt, já transformada em calçadão, pois é a principal rua do centro de Floripa. Eu e uma filha, que não vai deixar eu mentir sozinha hehehe estávamos caminhando pela dita rua de mãos dadas. Em um dado momento eu me abaixei quase ao chão. Ela foi pega de supetão e me disse Mamãe!!! o que é isso, eu sem titubear disse, voce não viu! aquela pedra enorme que veio do céu? eu me desviei dela. Observei pessoas que me olharam assustadas, pois voces imaginem a cena, uma rua lotada de pessoas, umas vindo outras indo de repente alguém se abaixa e sem largar a mão de minha filha. Hehehe coisa de louco né.  A verdade é que caminhando me foi sugerido pelo espiritualidade que olhase para cima. Assin fiz, naquele momento eu vi uma pedra enorme, vindo em minha direção e ao me abaixar ela passou por cima. Ainda tive a curiosidade de olhar para trás e ver a tal pedra ou o buraco deixado por ela. Claro que não tinha nada acontecido fisicamente. Pois se isto estivesse acontecido, eu não estaria aqui para contar, pois provavelmente teria sido atingida. Não me abalei, nem fiquei pensando que estivesse louca. Fui buscar explicação plausível para o fato. Já que acontecerem muitas outras coisas, todas no plano invisível e eu as via e as vejo. Chegamos a conclusão que foram manifestações espirituais, para eu ter a certeza que não estamos sozinhos. E eu tenho mais acentuada a mediunidade da visão. Enquanto meus olhos físicos enxugam muito pouco, precisando de lente corretiva, com os olhos da alma eu vejo nitidamente. As cores são fortes, firmes, pena que são visões tão rápidas, mas tão intensas, que gravo na memória. Interessante que todas não se perdem na minha mente. A imagem é nítida. Com fatos assim inesperados, já paguei muito mico, já me tiraram por louca hehe pois eu achava que as pessoas tb tinham visto e perguntava a elas.. Hoje eu tenho consciencia de tudo e  sei que está ainda muito além da compreensão. Mas o fato é que não podemos ignorar que o mundo invisivil interage com o mundo físico e com certeza de que não estamos sós. A mesma certeza de que Jesus viveu aqui na terra. A mesma certeza da existência de Deus.
Boa semana e fiquem com Deus.
Bel Talarico

Um comentário:

Noemi Szcypula disse...

Menina! Quando foi isso? Olha, fiquei toda arrepiada, e...assustada!!