16 de dez de 2010

Eu vi a Banda passar...

Tocando coisas de amor. Estávamos nós, as mirradas(7) voluntárias do Hospital Nereu Ramos, em Florianópolis. Digo mirradas, porque somos poucas. Mas procuramos fazer o nosso melhor, e olhe que nossa saúde tb está fragilizada. Eu então! com com minha dificuldade visual, fecho a (Duda) bengala e ninguém fica sabendo de nada. Interessante que consigo ver direito os pacientes, devo ser auxiliada pela espiritualidade. Porque minha gente! o que vemos ali! Doenças que nunca imaginei ver, nas pessoas. E nós quando saímos dali, agradecemos muito a Deus, porque nosso problemas de repente são pequenos. E não saio dali depressiva, pelo contrário saio fortalecida por ter me doado um pouquinho. Então! a Banda né? No dia12.12. fomos fazer a entrega de algumas guloseimas de Natal (Panettone, caixa de chocolate etc.sempre em acordo com a Nutricionista) sempre levamos uma mensagem de esperança escrita, palavras de consolo, damos lembranças e passamos de quarto em quarto. A cada quarto, a cada paciente, a emoção é imensa pela gratidão que eles demonstram, dizem até que somos os "Anjos de Deus" claro que é exagero não temos estas pretensões, e nem podemos, afinal somos tão pequenos perante Deus. Mas o agradecimento é o que tem de mais emocionante. Eu depois que conheci Jesus, através da Doutrina Espírita, me tornei manteiga derretida, choro por qualquer demonstração de carinho. E naquele dia não foi diferente, claro que disfarço, foi então que a Banda da Polícia Militar, já estava passando de ala em ala tocando musica de Natal, Tipo: Noite feliz, Todo Mundo é filho de Papai Noel.  As outras voluntárias já estavam acompanhando a Banda, e lá fomos nós, eu e minha amiga que amo muito, tenho a como uma filha. Nos postamos e deixamos a Banda passar eu acompanhei com palmas e fiquei observando a reação dos pacientes, enfermeiros todos saindo da cama, aquele que podiam para ouvir. Alguns chorando e agradecendo por não esquecermos deles, as voluntárias que solicitaram a Banda) e eu batendo palmas e tb chorando de emoção. Precisamos de tão pouco para fazermos alguma coisa para nossos irmãos. Basta querer e agir. E a Banda me leva a recordações de minha Infância. Mas valeu! Espero que Deus me de um estado saudável com minha saúde e que possa continuar doando um pouquinho de um sorriso de um Fique com Deus! Tenha Fé e esperança, que sairás daqui logo! logo! Há! ainda brinco com eles, dizendo "Espero que quando eu retornar aqui não te encontre mais" Ok que já tenhas ido para seu lar curada. E o sorriso se faz naquele rosto. Fiquem com Deus

2 comentários:

Noemi Szcypula disse...

Precisa comentar?
To doida pra ir para aí, vai ser bom.

Felipe Ribeiro disse...

Me fez lembrar de minha avó que um dia esteve por aqui (na Terra) e ficou hospitalizada em um hospital que tratava de pessoas com câncer. Realmente esse tipo de trabalho deveria ser mais valorizado e mais insentivado pois você dá um pouquinho, somente um pouquinho de você e ganha o mundo todo ao ver um sorriso dessas pessoas que estão ali... Realmente Deus escolhe as pessoas que precisam aprender a enxergar ao próximo com um olhar diferente e você foi uma dessas escolhidas! Sucesso e saúde e que Deus continue te iluminando e dando forças para sempre prosseguir! Um feliz natal e um próspero ano novo!