16 de dez de 2009

Cadê eu?

Estou a procura de mim, alguém sabe onde estou? Interessante como não saímos impune por momentos de angustia, de medo. Estou me procurando?, ou melhor estou procurando aquela Izabel, guerreira, que enfrentava tudo, altiva, decidida. Mas tenho consciência agora que aquela já é passado, e passado já passou. Pois pelo que passei, pelo que vi, pelo que senti lá no Hospital? Claro que aquela Izabel de antes não existe mais, agora estou em momento ainda de medo, pois mesmo com problema de saúde, mas em estado saudável é fácil ser determinada, mas quando voce quer fazer, quer respirar, quer andar e está debilitada, vê se como somos pequenos, insignificante, nosso corpo é o que mais frágil temos. A luta é imensa, na cura do corpo, mas também a cura e fortalecimento do espírito, o emocional cai junto, estou reparando que é mais difícil a recuperação deste, pois depende de mim. Sinto que passei por tudo, mas minha fé em Jesus, não diminuiu, pelo contrário sei que é tão bom ter um caminho de Luz a seguir. Mas! porque então? a demora da recuperação emocional. Peço que continuem em prece, pedindo a Deus que eu tenha entusiasmo, que tenha força, para passar com tranquilidade por esses momentos de angustias que passei com tranquilidade na parte física, mas preciso também superar no espírito.
Beijos

Um comentário:

Noemi Szcypula disse...

He he!! nega, não melhorou das idéia não?
Eu acho que voce está aí bem lindinha, bonitinha, simpatiquinha e mais veinha, rsrsrs, brincadeiras à parte, penso que deve ser assim, quando passamos por um trauma, e ficar no hospital não deve ser nada bom.
Oro bastante para voce viu? Beijos