13 de ago de 2009

Quase.

Tadinho do filho mais velho, que é este blog. como mãe estou falhando dando mais atenção para o rescem nascido. o blog http://bengalamagica.blogspot.com. Mas vamos lá.
Fico pensando como temos que vigiar, vigiar, trivigiar, porque somos pegas tão sutilmente. Todos sabem que minha filha mais nova, que mora comigo esteve com problema na sua saúde, ficando internada, por muito dias.
Na terça feira ela me ligou com dor, e acabamos indo ao médico, este pediu um exame de ultrassonografia da vesícula. Tudo certo, exame marcado para a quarta, e deveria estar com jejum de 8 horas, levantei cedo fui a escola de pintura, mas antes fiz café, coloquei o leite para ferver, tomei a minha parte deixando a dela. Quando retornei na hora do almoço, abrindo a porta olhei para a cozinha, a vasilha de leite estava intacta, a menina parece uma bezerra de tanto que gosta de leite, bom! foi o suficiente para eu querer começar a minha loucura, olhei para o quarto, já imaginado que ela estava caída no chão, como não estava, pensei está na cama morta. Tudo muito rápido ok, então eu disse Para! Parem! ninguém vai me desequilibrar, esse alguém são os irmãos espirituais, certo? porque só estava fisicamente só eu. Parei, respirei fundo, mas segui para confirmar no quarto se estava tudo em ordem. Quer dizer a minha ordem, porque o quarto dela parece que passou um bomba, uma tempestade, sorri e disse essa é a minha Dani.
Em momento nenhum lembrei que o exame deveria ser em jejum, ou melhor nem lembrei do exame.
Quando ela chegou a noite eu perguntei porque não tomou o leite, ela simplesmente me respondeu; Mamãe lembra que o exame era em jejum, eu estava junto com ela quando foi marcado.
Por isso minha gente, pelo menos eu tenho que sempre estar em vigilha, mas graças a fé e confiança em Deus tenho conseguido interromper esse ciclo, que seria muito ruim para mim. Peço sempre que em suas oração não esqueçam de mim. Obrigada e fiquem com Deus

Um comentário:

Noemi Szcypula disse...

Doida, doida de pedra, louca varrida e, depois vive me chamando de neurótica rsrsrsrsrsr