28 de ago de 2009

Ontem chorei de saudades

Ontem foi um dia onde chorei, estava engasgada de emoção de vontade de chorar, também estava em crise reumática aguda, e a dor aguda me deixa depressiva, porque a crónica já estou careca de sentir, e ficava não me permitindo, porque estava na rua. Chegando em casa coloquei um vídeo onde cantam No dia que saí de casa. No You Tube tem várias versões de imagens para mesma música, devo ter ouvido mais de 10 e minha alma sendo lavada. Tinha pensado vou ficar em casa, foi dormir, vou me encolher, ficar em forma do bebe quando no ventre materno e chorar!... toda minha dor. Dor de não poder abraçar uma filha que está longe, comemorando mais um aniversários, dor por não poder abraçar um filho que está longe, dar carinho porque está um pouco adoentado, dor já prevista porque a outra filha também sei que se separará de mim. Nem precisam me dizer, mas... eles estão fazendo suas vidas!!! sei de tudo isso. Porém meu coração materno sente, daí chorando muito, parei senti que estava melhor. Disse a mim, levanta sacode a poeira e da volta por cima, vá cumprir com teus compromissos, (um deles inclusive era de irradiação aos irmãos necessitados) porque o mundo não vai parar para curar seu coração, seus filhos, vão continuar com suas jornada, suas escolhas, afinal assim deve ser. Antes porem de entrar em casa consegui encontrar com a filha que está comigo! ainda. conversei, dei um abraço disse que a amo, desejei um bom dia. Temos até o direito de ficarmos tristes, de sentirmos nossas dores, o que não podemos é permanecer nessas dores, nesses pensamentos de pena, no meu caso, pois pensamentos de rancor, raiva graças ao meu bom Deus já ficou no passado. Me veio em mente, como seria bom poder ter dinheiro e poder ir visitá-los sem preocupação, mas mesmo assim não fico revoltada nem com inveja de quem tem. Quem bom pra mim, pois meu espírito agradece e logo se recompõe, porque as lágrimas podem sair com mais facilidade, quanto a outros defeitos seria mais difícil. Tenho muitos com certeza, mas também tenho qualidades, virtudes que estou me permitindo emergirem da minha alma. Pois Deus quando nos criou colocou dentro de nós. Nós é que esquecemos disso, sobrepondo nossos defeitos. Então decidi resgatar minhas qualidades, pois está tudo dentro de mim, e só eu posso querer acessa-las através da caridade, paciência, fé resumindo através do Amor a Deus e ao meu próximo como a mim.
Beijos

3 comentários:

Noemi Szcypula disse...

"Ontem chorei de saudades"

Hoje chorei de tristesa, tamb´rm por meus filhos.
te amo.

Talarico disse...

Ah, mamãe...
Como eu queria que não existisse tristeza e nem saudade...

Beijos te amo.

Graziella disse...

Mamae, que bom que existem tristezas e saudades, ela ,nos tornam mais humanos !! te amo muito muito