14 de mai de 2009

"No escurinho do cinema..."

Vou compartilhar com vocês, minha primeira aventura (como assistir um filme no cinema). Então! tenho uma amiga que é cega e eu baixa visão, as duas meio loucas hehe( ou melhor corajosas) resolvemos de um dia para outro que iríamos ao shopping assistir o filme O Divã (que recomendo, muito bommmmm mesmo). Vou confessar uma coisa que eu não disse a ela, mas como estava chovendo eu pensei bem que podíamos deixar para outro dia, só que analisando não era por causa da chuva e sim medinho mesmo, (medão). Como ela confirmou, chegando, nos encontramos e fomos ao shopping, tá certo: que nos deram carona até a porta do mesmo. Mas todos da Acic, estavam sabendo da aventuda das duas. Alguém disse tem certeza que vão sozinhas, eu? tenho: a pessoa deu uma risadinha, como quem: a ajuda será necessária. Mas toda faceira lá estávamos, logo na entrada vieram nos ajudar, nos levaram no mercado, que nós pedimos, nos acompanharam nas gondolas, nos levaram na bilheteria, nos levaram dentro da sala do filme, e nos disseram que no final do filme nos ajudariam. Enfim hehehe só trocamos de ajudantes, mas confesso foi muito bom e engraçado duas mulheres com bengalas toda faceira nos sentindo livres, leves e soltas. Em tempo os funcionários do shopping merecem nota mil, pelo atendimento.( todos sem excessão).
Filme começado, assistindo muito bem, pois é dublado e eu passando algumas cenas para a minha amiga. Tudo ia tão bem! de repente minha amiga disse, preciso ir ao banheiro, eu comecei a rir, e não conseguia parar, a cena do filme não pedia tanto riso. é que eu me dei conta da enrascada que estávamos, no escuro do cinema, sem pessoas para nos auxiliar e com a bexiga cheia, porque eu tb queria, mas fiquei quieta. E eu toda vez que ia querer sair para o toalet, ria mais e mais. A minha amiga disse: não dá mais, vou sair, mas Deus! como sair! sem enxergar, num ambiente desconhecido e escuro!. Tomei coragem e disse vamos: Gente!!! dois degraus e duas rampas, mais apavorantes e quilométrica que passamos. Logo alguém de fora veio ao nosso encontro e nos levou ao bendito toalet.HÁaaaa!!! que alívio. fizemos xixi pra mais de metro hehe, e a moça nos aguardando para retorno ao cinema. Na saida da sala, foi pedido que aguardassem para que nós duas saíssemos, fomos na praça de alimentação, esquecemos do mundo. Como quem!! estamos sozinhas sem ajuda. hehehe Claro só trocamos de ajudantes, mas valeu a pena, foi muito legal, pois saimos um pouco da saia da mãe Acic, (onde nos dão essa oportunidade de sermos um pouquinho "independentes" nem que por meio dia, mas demos nosso primeiro voo. Valeu!!!!!!!!

2 comentários:

Carla Azevedo disse...

QUE MARAVILHAA!!! Estou orgulhosa, feliz, satisfeita e realizada!!!
Que belo exemplo e iniciativa...
Quem guia nossos passos somos nós mesmos, auto-nomia.
Só faltou encontrarem alguns gatinhos no escurinho do cinema heim, imagina só!!!
Beijos Izabel e certamente, ouviremos mais em nosso encontro em grupo.
Carla Azevedo (ACIC)

Talarico disse...

Com a sua neta, diria:
Vovó, você está muito arteirinha!

Achei muito legal.