18 de mai de 2009

Estou...

Muito decepcionada, penso em desistir do cargo de Mãe que me foi conferido. Assim não fico triste por algumas ingratidões. Um dia Deus disse que mãe se chamaria de Anjo, mas ele esqueceu que com o crescimento nossos filhos já não reconhecem seu "Anjo". A correria é muito, o tempo escasso, outros intereses. Um dia o Anjo voa retornando ao seu habitat.

3 comentários:

Noemi Szcypula disse...

Que foi mirmã? Os anjos agora são meio tortinhos, chatinhos, então eles fogem (tem uma aqui que faz terapia) para desgrudar ou ser desgrudada do anjo.
Então só faço orar. beijos

Noemi Szcypula disse...

Além do mais, ser mãe é um dos oficios, doce e amargo, angustiante e praseiroso, triste e alegre. Porém todas queremos ser mães, e que mães somos não é?
Com tristesa, amargura angustia, jamais os deixaremos de amar mais do que a nós mesmo, e isso nos torna sublimes e com autorização de Deus podemos fazer muitas coisas.

Existe um ditado assim: Deus não podia olhar todas as coisas, então ele inventou as mães.

Talarico disse...

Fiquei ttriste, com esse post...
Fazia tempo qe não lia o seu blog...