8 de out de 2008

"UMA GUERREIRINHA"

Estava na Associação de Integração ao cego e baixa visão - ACIC, visualizei uma criança, creio eu que em torno de 1 ano e meio andando pela passarela que temos lá, serve de passagem para irmos de um prédio ao outro com conforto. Quando cheguei perto, vi que uma pessoa (a orientadora) tinha na mão um guia (uma espécie de cordão) onde ela segurava, e a criança também segurava do outro lado, com sua mãozinha bem fechadinha, para não se soltar e com seus passinhos trôpego ia caminhando. Ela, pois é uma menininha estava aprendendo a andar sozinha, porque é portadora de deficiência visual uma visão baixíssima. Pessoal até agora estou meio tonta, pois achei isso maravilhoso a atitude da mãe em dar qualidade de vida a sua filhinha.
Meus irmãos, tenho que acreditar na reencarnação, onde Deus por sua bondade nos dá a oportunidade de resgates de dívidas passadas, pois alí é uma prova viva, me digam? que pecado uma criança de 1 ano pode ter nessa vida, onde tão pequenina já esta enfrentando as dificuldades e o que mais me admirou ela colaborava ouvindo e seguindo a orientadora sem chorar. Foi uma visão impar. E podem saber que em momento algum eu fiquei com pena, eu admirei com todo o meu sentimento de cristã, de mãe tb, e sei que ela é uma guerreirinha neste mundo de Deus.
Parabéns aos pais, vi que são jovens, mas com sabedoria de irem a busca de qualidade de vida para sua filhinha. Os pais que são escolhidos para receberem uma criança deficientes e souberem passar pela dificuldades com carinho, são seres muitos especiais e iluminados por Deus. Obrigada bjs

2 comentários:

Graziella disse...

Muito lindooooooooooooo mamae

Noemi Szcypula disse...

Hoje chorei por causa do Davi, netinho do Jonas e também por essa criança que voce falou. (por razões diferente). Existem mães e mães!!!!!!!!!!. beijos