2 de out de 2008

"DIÁLOGO"

Diálogo de uma consulta,
Médico (DR.) X paciente (EU)
DR - Bom dia, pode sentar-se aqui
EU - Bom dia e me sentei
DR. -Me olha, pergunta como estou e confirma os colírio que estou em uso, e examina ambos os olhos, mede a pressão dos mesmos, demora mais do que de costume, pede que eu respire normal, pede novamente respire normal, diz está igual a última consulta ( a pressão intraocular), continua com os mesmos colírio, porem já vai se preparando que a Sra. vai precisar operar novamente o olho esquerdo.
EU -Processando o que ele acabou de me dizer, então eu, DR como vc pede para eu respirar normal, se toda vez que venho aqui o meu coração dispara, com medo do que vc tem a me dizer.
DR - Mas também! nunca vi um glaucoma tão bravo como o seu, tem pessoas que operam e corre tudo bem, a recuperação segue seu ritmo normal. Mas a Sra ! é um desafio.
EU - Fico em silêncio decepcionada comigo. (ou melhor com meus olhos) hehe. Troquei de óculo recente e sinto que está difícil, está mais embaçado.
DR - É que constatei uma catarata se instalando, vais precisar de nova cirurgia do Glaucoma e junto da catarata, enquanto isso continue com os colírios. Me entrega o retorno, pede que marque na recepção...
Saí de lá muito chateada e refletindo, meu Deus o que queres que eu faça, acho que tenho que ser a primeira a me perdoar, não poço me culpar por erros do passados, claro que estou saldando minha dívida, mas tem que ser a prestação?. Ao escrever isso foi um desabafo, estou tensa as vezes com vontade de gritar, chorar, descabelar ou ficar em profundo silêncio, me recolher o mais profundo de minha alma. DEUSSSSSSSSSSSSSSSSS!!!. .................................(choro)

2 comentários:

Noemi Szcypula disse...

Gostei muito do seu avatar(Que a Dani sabe o queé!!). O resto... bom resto eu não tenho palavras pra te dizer, porque tudo que por ventura eu vier a dizer cairá no vazio, pois voce mesmo disse que quer se recolher no seu silencio, e não entendo muito isso de pagar o fizemos no passado, porque se realmente assim for quando eu for pagar não será à prestação e então Deus me ajude, te amo estou em casa, se precisar de mim. beijos.

Daniella disse...

Mamae, voe sabe que passaremos por isso juntas. Não se preocupe, porque no fim tudo acaba bem. ^^

Lembre-se, pra Familia Alves Talarico as coisas são sempre mais dificeis, mas sempre, SEMPRE superamos.

Te amo!